Categorias
Main Saúde

Estrias: Causas, Tipos e Dicas dos Melhores Tratamentos

Estrias. Por certo, você tem ou conhece quem tenha. Mas sabe ao certo o que são, porque aparecem e quais são os tratamentos adequados? Veja!

Existem algumas coisas que devemos saber sobre estas riscas que aparecem na pele: o que são? O que as causa? Podem ser evitadas?

Neste poste vamos falar sobre todas estas questões e também sobre os tratamentos disponíveis atualmente.

O Que São Estrias?

A princípio, é possível entender esta imperfeição como atrofias alongadas da pele, que ficam localizadas no tecido conjuntivo. 

Elas podem aparecer por todo o corpo, mas são mais comuns na barriga, quadris, seios, coxas e braços.

À primeira vista, são vistas como riscos esbranquiçados ou roxos sob a pele (epiderme).

Resumindo, as estrias são cicatrizes do tecido conjuntivo da derme provocadas pela ruptura ou pelo estiramento excessivo do tecido.

Desse modo, tendem a aparecer em mulheres grávidas e adolescentes que crescem precocemente.

Também são comuns em pessoas que ganham e perdem peso de forma repentina. 

A estria tem características quanto a coloração: arroxeadas e brancas e também quando a profundidade e espessura.

Algumas são rasas e fininhas e outras podem ser mais profundas e largas.

Conheça os Tipos de Estrias

Resumindo, existem dois tipos de estrias: as vermelhas ou roxas e as brancas. Conheça cada uma.

  • Estrias vermelhas ou roxas: são as iniciais, por isso, muito mais fáceis de tratar.

Quando aparecerem, é o momento ideal para começar um tratamento indicado pelo dermatologista. 

  • Estrias brancas: segundo especialistas, é quando uma estria se torna crônica ou antiga – mais de um ano. 

Para tratá-las, é preciso recorrer a procedimentos voltados para cicatrizes, ou seja, um pouco mais invasivos. Isso porque já não têm suprimento sanguíneo. 

O objetivo é ajudar a pele a gerar mais colágeno e devolver firmeza à região.

Causas das Estrias

A priori as estrias são causadas pelo estiramento da pele, algo que acontece quando engordamos e quando estamos em fase de crescimento.

Por isso, é uma condição comum em mulheres grávidas, adolescentes e pessoas acima do peso.

No entanto, esta também é uma condição genética. Significa que se sua mãe ou um parente tem, é possível que você também desenvolva em algum momento.

Além disso, o uso de alguns medicamentos como os corticoides também podem desencadear o problema.

Sendo assim, não podemos dizer que apenas grávidas e pessoas com sobrepeso desenvolvem estrias. Aliás, é bem comum elas aparecerem em pessoas bem magras.

Confira uma lista de fatores de risco:

  • Ser mulher;
  • Estar grávida, especialmente mulheres mais jovens;
  • Possuir um histórico pessoal ou familiar de estrias;
  • Estar acima do peso ou sofrer com obesidade;
  • Efeito sanfona, ou seja, ganho e perda de peso com frequência;
  • Cirurgia de aumento de mama pode acarretar a estria no local;
  • Uso de medicação corticosteroide também é fator de risco;

É Possível Evitar o Problema?

Mas será que é possível prevenir as estrias?

Bem! Em alguns casos é possível preveni-las, em outros, infelizmente, não.

Por exemplo, quando é uma coisa genética, é mais difícil evitar, mas quem não tem predisposição pode impedir que elas apareçam com alimentação saudável.

Além disso, existem muitos cremes que apresentam a função de prevenir estrias.

Sendo assim, a melhor forma de preveni-las é mantendo o peso ideal e a pele bem hidratada.

No caso de gravidez que é um período em que a mulher ganha peso de forma rápida, vale conversar com o dermatologista e nutricionista.

A prática de atividades físicas, sem dúvida, vai ajudar a diminuir o ganho de peso.

Tratamentos Para Estrias

Existe uma solução para as estrias? Esta é a eterna pergunta cuja resposta muitas vezes é um sonoro “não”. 

Mas isso é verdade? 

Com efeito, é um dos problemas estéticos mais difíceis de eliminar, mas não impossível.

Felizmente, existem cada vez mais tratamentos (cosméticos e médico-estéticos) com melhores resultados. 

Além dos tratamentos tradicionais que dão resultados em alguns casos, hoje temos opções muito eficientes. Confira:

Laser de CO2

Em se tratando de tratamentos estéticos o Laser CO2 é um dos mais utilizados.

Trata estrias em todas as suas fases, inclusive as mais antigas e esbranquiçadas.

Geralmente os profissionais combinam o laser com retinoides tópicos.

Laser CO2 é um laser fracionado ablativo que melhora a firmeza da pele e é usado para tratar linhas de expressão, cicatrizes, estria.

Também é uma ferramenta eficaz dentre os tratamentos de rejuvenescimento facial. 

No caso do tratamento de estria, o protocolo é de no mínimo 3 sessões (cada caso é um caso). Além disso, há indicação de tratamento tópico que pode incluir ácido retinóico combinado ou não com ácido glicólico.

O ácido retinóico é um derivado da vitamina A que melhora a textura da pele e ainda reduz manchas superficiais e rugas. 

Quando combinado com o laser, aumenta a produção de colágeno na pele. Isso leva a uma melhora das estrias e também da qualidade da pele. 

Mesmo com os melhores tratamentos, é difícil que as estrias desapareçam por completo, mas melhoram cerca de 50 a 70%.

O problema aqui é que o laser é um procedimento que não custa barato, por isso, nem todo mundo pode fazer. Sem contar que possui algumas contraindicações.

Além disso, algumas pessoas não podem usar o creme com ácido retinóico que melhora o resultado.

Por exemplo, mulheres grávidas, em fase de amamentação e pessoas alérgicas não podem se tratar de forma adequada.

Outras Alternativas 

Além dos procedimentos citados aqui ainda temos produtos naturais com eficácia comprovada.

Um deles é o Silk Skin, um creme específico para tratar estria em todas as suas fases.

Chega ao mercado como uma opção natural, sem contraindicações e que de fato resolve o problema.

O produto possui 20 ativos que tratam, previnem e diminuem muito a espessura das estrias.

É possível encontrar o Silk Skin em cápsulas que ajuda a minimizar outros problemas de pele como celulite, rugas, flacidez, etc. e também o creme que é mais indicado para estrias.

A melhor opção é usar os dois em conjunto. Assim temos resultados rápidos.

Quer saber mais sobre o Silk Skin, então leia a resenha completa dele no blog Saúde Web.